O Estado Nacional e os Indígenas na República brasileira: Reflexões acerca de um projeto de civilização

Reflexões acerca de um projeto de civilização

  • Magno Michell Marçal Braga Instituto Federal de Alagoas / Universidade de Coimbra
  • Dhiogo Rezende Gomes Universidade Federal do Tocantins (UFT)

Resumo

Buscamos neste artigo refletir sobre como se deu a relação dos povos indígenas com a dita “civilização brasileira” ao longo do período republicano da história brasileira, em especial durante o regime civil-militar (1964-1985) que desenvolveu uma série projetos e planos políticos de desenvolvimento e integração nacional envolvendo territórios ao norte do Brasil e, por consequência abrangendo populações tradicionais da região amazônica. Neste sentido, a legislação produzida pelo Estado nacional no que tange a estes territórios e suas populações e a representação postulada pelos meios midiáticos acerca dos povos indígenas no contexto da execução dos projetos de integração nacional do regime ditatorial, são importantes lócus para compreensão desta relação.

Biografia do Autor

##submission.authorWithAffiliation##

Possui graduação em História pela Universidade Federal de Pernambuco (2007). Mestrado pela Universidade Federal de Pernambuco (2012), com ênfase em história do Norte/Nordeste no Brasil republicano. Atualmente é professor do Instituto Federal de Alagoas - IFAL e Doutorando em História na Universidade de Coimbra. Membro do grupo de pesquisa Culturas, Identidades e Dinâmicas Sociais na Amazônia Oriental brasileira.

Currículo Lattes (Magno Michell Marçal Braga)

##submission.authorWithAffiliation##

Mestre em Ensino de História pela Universidade Federal do Tocantins (UFT), Graduado em História pela Universidade de Pernambuco (UPE), é Doutorando do Programa de Pós-graduação em Antropologia Social (PPGAS) da Universidade Federal de Goiás (UFG). Atualmente é Professor efetivo de História do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão - IFMA (Campus Grajaú), onde foi o primeiro Coordenador Geral do Núcleo de Estudos Afrobrasileiro e Indígena (NEABI - Gestão 2017-2019). É professor colaborador da Pós-graduação em Gestão e Educação Ambiental da Universidade Federal do Maranhão - UFMA (Campus Grajaú). Atua como professor formador no projeto Saberes Indígenas na Escola (MEC), direcionado a professores indígenas da educação básica, coordenado pela rede de universidades UFMA-UFT-UFG. Pesquisa a temática indígena no ensino de História, educação escolar indígena, povos indígenas e regime civil-militar (1964-1985), territorialização e territorialidade indígena, indigenismo, relações interétnicas e etnicidade.

Currículo Lattes (Dhiogo Rezende Gomes)

Publicado
2019-02-04
Como Citar
MARÇAL BRAGA, Magno Michell; GOMES, Dhiogo Rezende. O Estado Nacional e os Indígenas na República brasileira: Reflexões acerca de um projeto de civilização. Revista Fronteiras Plurais, [S.l.], v. 1, n. 01, fev. 2019. Disponível em: <http://www.revistafronteirasplurais.com/revista/index.php/fronteirasplurais/article/view/11>. Acesso em: 24 ago. 2019.